Executando Java no Maemo (Nokia N800) – Parte 3 – AWT

Dando continuidade aos artigos sobre Java no Maemo, abordaremos, neste, o uso da biblioteca gráfica AWT para desenvolvimento de aplicações Java.

Antes de mais nada, aconselho a leitura dos dois artigos anteriores [1] [2]. Se você já os leu, e estava ansiosamente esperando pela continuação🙂 , vamos lá.

Antes de executarmos nosso exemplo no N800, temos de instalar a biblioteca AWT. Mas, para isso, temos de ter acesso ao root no Maemo, para poder instalar o AWT utilizando o apt-get. Para isso, pode-se ler este tópico do wiki do próprio Maemo ou seguir os passos abaixo:

  1. O repositório maemo Extras esteja habilitado;
  2. Instale o aplicativo rootsh;
  3. Depois de instalado, abra o X Terminal e digite: sudo gainroot, para obter acesso de root;
  4. Execute agora o apt-get: apt-get classpath-common, para instalar o pacote com suporte ao AWT.

Agora vamos criar o nosso exemplo.

import java.awt.*;
import java.awt.event.*;

public class Primeiro extends Frame implements ActionListener
{
    private Button btnSair;
    private Label lblTexto;

    public Primeiro()
    {
        initComponents();
    }

    private void initComponents()
    {
        lblTexto = new Label("Bem-vindo ao Java com AWT no Maemo");
	btnSair = new Button("Sair");

        setLayout(null);
	setTitle("Primeiro");
        //labels
        addComponent(lblTexto, 20, 40, lblTexto.getText().length() * 10, 20);
        //botoes
        btnSair.addActionListener(this);
        addComponent(btnSair, 160, 230, 57, 24);
    }

    private void exitForm()
    {
        System.exit(0);
    }

    private void addComponent(Component obj, int x, int y, int width, int height)
    {
    	obj.setBounds(x, y, width, height);
    	add(obj);
    }

    public void actionPerformed(ActionEvent evt)
    {
	if(evt.getActionCommand().equals("Sair"))
    	{
    	    exitForm();
    	}
    }

    public static void main(String args[])
    {
        new Primeiro().setVisible(true);
    }
}

Digite o exemplo em seu edito de texto preferido, salve-o como Primeiro.java e compile-o (no computador):

javac Primeiro.java

Após a compilação será criado o arquivo Primeiro.class que deve ser copiado para o cartão de memória que será usado no N800 (em meu caso, é um cartão de 4 GB, e copiei o arquivo para o diretório java). Insira o cartão no N800 e abra mais uma vez o X Terminal. Digite:

cd /media/mmc1/java
java Primeiro

Uma tela, como a da figura abaixo, deve aparecer agora no N800.

Java AWT

Java AWT

Nada mais é que uma tela em que são exibidos um label contendo um texto e um botão de Sair de programa. Pronto, agora já podemos desenvolver aplicações em Java com AWT para  Maemo.

Bons códigos🙂 !

Sobre Fábio Medeiros

Meu nome é Fábio Medeiros. Cearense de nascença e com muito orgulho (daí o nome do blog, uma referência à minha terra). Sou formado em Tecnologia em Telemática, pelo CEFET-CE. Escrevi alguns artigos sobre programação JavaME e dispositivos portáteis (PDA) para a revista WebMobile.
Esse post foi publicado em N800, Tutorial e marcado , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Executando Java no Maemo (Nokia N800) – Parte 3 – AWT

  1. Guiram disse:

    Boa noite, muito bons artigos.

    Estou há algum tempo querendo instalar um programa Java no N800, embora atualmente esteja impedido de fazê-lo pq meu aparelho quebrou o display. O aplicativo é o Palringo (www.palringo.com), um comunicador muito interessante que funciona bem no Symbian, Iphone, Win Mobile, entre outras. Pensei que pudesse ser possível instalá-lo no N800. Como descubro qual biblioteca gráfica este aplicativo utiliza, pra que possa ser instalado no N800? Ele possui versão Java, porém não conheço ninguém que tenha feito sua instalação.

    Abraço.
    MARCOS

    • siriarah disse:

      Olá Guiram,

      Que bom que os artigos tenham te agradado. Já em relação ao teu pedido, realmente o Palringo roda em Java ME (CLDC/MIDP), para alguns telefones celulares. Infelizmente, até o momento, eu não consegui rodar no N800. Parece haver uma forma, mas ainda não consegui isto. Caso eu consiga, farei mais um artigo sobre isto.

  2. Anderson disse:

    Boa noite.
    Estou seguindo os exemplos até agora tudo bem. Mas minha duvia é a seguinte.
    Eu gostaria de desenvolver direto no maemo, não ficar escrevendo os códigos no micro compilando para executar no n810 ( eu tenho um ). Eu quero poder escrever códigos enquanto estou andando de onibus e ja compila-los.
    Isto é possivel? Como faço o que eu baixo?
    Grato pela atenção.

    Anderson.

    • siriarah disse:

      Olá Anderson,

      Editar os arquivos até é possível, pois os fontes Java nada mais são que arquivos texto, então basta usar um editor de texto ou usar o PyGTKEditor [1]. Mas compilá-los, pelo menos até onde sei, não é possível. Somente a execução, assim:
      1) edição no micro (ou no N8x0);
      2) compilação no micro;
      3) execução no N8x0.

      [1] http://maemo.org/downloads/product/OS2008/pygtkeditor/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s